Dinheiro em espécie ou cartão pré-pago: qual dos dois, vale mais a pena leva em uma viagem internacional?

Essa dúvida é muito comum ocorrer, principalmente se for a sua primeira viagem internacional, mas não se preocupe!

Aqui você saberá a diferença do dinheiro em espécie e o cartão pré-pago, quais são as taxas cobradas em cada um e a melhor forma de adquiri-los.

Dinheiro em espécie

Também conhecido como dinheiro vivo ou papel moeda, é a forma de pagamento mais comum que os viajantes optam, por oferecer a menor taxa de IOF diante das outras opções, portanto não é recomendado levar somente neste formato, dado que a atenção deverá ser maior ao manusear e não é tão seguro, principalmente ao levar um valor alto.

Além disso, é comum se deparar com situações como ter que depender de terceiros para contar as quantias ao receber os trocos, principalmente ao se referir as moedas. Ainda mais, dependendo se for levar um valor muito alto, a locomoção e armazenamento terá que ser pensando, já que estará exposto ao risco de perdas ou roubos/ furtos.

Taxas para comprar papel moeda

As taxas cobradas são de delivery – ou seja, a entrega até o endereço desejado, ela varia de acordo com o parceiro escolhido, e o IOF.

E antes de fechar a sua compra, é importante atentar-se para que pague um valor justo. Na Câmbio Online, todas as taxas não são abusivas e jus ao serviço que receberá, a sua única taxa na compra do papel moeda é a alíquota do IOF, de 1,1% sob o valor da quantia.

Como comprar o papel moeda?

Para fazer a conversão do real para a moeda do país destino, é necessário apenas escolher uma instituição responsável, seja uma corretora de câmbio, casa de câmbio ou banco.

Muitas pessoas realizam essa operação com fintechs, ou seja, instituições financeiras digitais, além de ter um serviço desburocratizado, você não precisa ir até um local presencial e nem esperar dias para que o seu processo seja liberado.

Acessando o site ou aplicativo, é possível comprar qualquer moeda em minutos.

Saiba mais emhttps://cambioonline.com.br/

Cartão pré-pago

Para utilizar o cartão pré-pago internacional é preciso realizar um depósito prévio, ou seja, uma recarga que fica disponível como saldo. Ele é usado como um cartão comum (na função de débito), e permiti saques e compras.

Além de proporcionar um maior controle financeiro, ser recarregável e não ter uma fatura mensal, é mais seguro contra os imprevistos que podem ocorrer, como percas, roubos e furtos.

Por isso, é indicado levar as duas formas de pagamento ao viajar, cartão pré-pago e papel moeda.

Taxas do cartão pré-pago

A maioria das instituições cobram as mesmas taxas, o IOF de 6,38% intitulado pelo Banco Central.

  • A cobrança pelo plástico do cartão, que é um fator variante;
  • Uma tarifa cobrada em cada saque;
  • O custo de reimpressão e envio caso seja necessário.

Como adquirir o meu cartão pré-pago?

Escolha uma corretora de câmbio, casa de câmbio ou banco de sua preferência para adquirir o seu cartão. Lembrando que, as instituições tradicionais, como bancos, não são indicadas, por oferecerem uma das maiores taxas do mercado.

Após, é só solicitar o seu cartão. É possível realizar essa solicitação pela internet também, com um e-commerce de câmbio, assim como atua a Câmbio Online.

Lembrando que, todos os serviços citados no texto são realizados pela Câmbio Online, consulte nossos preços e conheça mais sobre nós.

Marketing Frente Corretora

Marketing Frente Corretora

Fique por dentro de todo
conteúdo e Descontos

Outros assunto relacionados

Planejamento Essencial para Trabalhar e Morar no Exterior
Embarcar na jornada de trabalhar e morar no exterior é uma decisão marcante na carreira de muitos brasileiros....
Onde Encontrar as Melhores Taxas de Câmbio?
Planejar uma viagem internacional inclui compreender as taxas de câmbio em aeroportos. Neste artigo,...
Cultura e Tradição: Guia de Viagens para Explorar Festivais Culturais ao Redor do Mundo
Viajar internacionalmente abre portas para experiências culturais ricas e autênticas. Festivais culturais,...